quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Os prefixos "some", "any", "no" e "every" e os adjetivos

Lá atrás, no Grammar #5 (leia aqui), eu falei sobre os adjetivos em inglês e seus modos de uso. E como regra principal, caso não se lembre, o adjetivo deve vir SEMPRE antes do substantivo. Exemplos:

red car - carro vermelho
thin boy - garoto magro
old school - escola velha
new phone - telefone novo

Ou seja, deve ser "red car" e nunca "car red". 
O mesmo acontece com a palavra "thing", por exemplo. Veja:

- This is a beautiful thing.
(Essa é uma coisa linda)

Bem, entendido isso, vamos ao assunto da postagem de hoje. 


Primeiro de tudo, o que é prefixo? 

É um morfema (pequeno fragmento significativo) que se acrescenta no começo de uma palavra dando um novo significado a ela. Em português, por exemplo, temos:


gostar - desgostar
feliz - infeliz
moral - imoral

Ou seja, é o oposto do sufixo, como vimos em "Sufixos Ful e Less".   
Em inglês também existem prefixos, e alguns deles são "some", "any","no" e "every". Palavras como thing, where, one e body recebem esses prefixos. Exemplos:


something - somewhere - someone - somebody 
 anything - anywhere - anyone - anybody 
 nothing - nowhere - no one - nobody 
 everything - everywhere - everyone - everybody




E esses são só alguns exemplos. A questão é que, quando se usa esse prefixos, o adjetivo deve vir depois deles, contrariando a regra apresentada até então.

 Exemplos:

- Give me something expensive.
(Me dê algo caro)

- I hope you find someone special.
(Eu espero que você encontre alguém especial)

Veja que se diz "something expensive" e não "expensive something". O mesmo acontece com "someone special". O adjetivo, nesses casos, vem depois.
Por que disso? É regra. Fazer o quê?

Outros exemplos

- There must be something wrong 
(Deve haver algo errado)

- Take me somewhere new
(Leve me para algum lugar novo)



Há um canal no Youtube que se chama CinemaSins, e os títulos de seus vídeos são "Everything wrong with..." (na tradução livre quer dizer "tudo errado com..."), no qual eles apontam e contam os erros de vários filmes. 
Os erros apresentados lá não são os famosos erros de continuidade, mas sim furos no roteiro, atitudes ou diálogos dos personagens que não tem lógica ou beira à estupidez, entre outros. É bem interessante. 
E podemos pegar esses vídeos como exemplos para a postagem de hoje. Afinal de contas, se diz "everything wrong with" e não "wrong everything with". O adjetivo vem depois. Saca só:

Everything wrong with the amazing spider man 2 (Tudo de errado com o espetacular homem-aranha 2)
Everything wrong with Percy Jackson and the sea of monsters (Tudo de errado com Percy Jackson e o mar de monstros)
Everything wrong with Tangled (Tudo de errado com Enrolados)
Everything wrong with X-men: days of future past (Tudo de errado com X-men: dias de um futuro esquecido)

E tem muitos outros. Os vídeos não costumam passar de 15 ou 20 minutos.


Mas lembre-se

Quando não existem esses prefixos, a regra permanece normal.

- She has done bad things.
(Ela tem feito coisas ruins)

Deu pra entender? Se não, comente logo abaixo da postagem que responderei o mais breve possível. E não deixe de compartilhar essa informação com outras pessoas que gostam de inglês. E futuramente, escreverei outro post falando sobre o uso de "some", "any" e "no" em frases afirmativas, negativas e interrogativas. 

See ya!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...